Universidade do Minho    
 
  Universidade do Minho
http://www.bpb.uminho.pt
 
imprimir   fechar
 
voltar 
Álvaro Carneiro 1909-1986
Galeria da Reitoria da UMinho, Largo do Paço, Braga entre quinta-feira, 07-12-2017 e sexta-feira, 12-01-2018
    
 
A Biblioteca Pública promove uma exposição intitulada "Álvaro Carneiro 1909-1986", que estará patente na galeria da Reitoria da Universidade do Minho - Braga, de 7 de dezembro 2017 a 12 de janeiro 2018, e que poderá ser visitada todos os dias úteis, entre as 9:00h - 12:30h e as 14:00h - 17:30h.

Integrada no encerramento das comemorações dos 175 anos da Biblioteca Pública, esta exposição, com cariz essencialmente bibliográfico e documental, procura dar a conhecer a vida e a obra deste bracarense, exibindo um conjunto de publicações e documentos sobre o seu legado como músico, compositor, autor e musicólogo destacando ainda o seu importante contributo ao serviço da cultura musical.

Álvaro Carneiro e a Biblioteca Pública de Braga

A relação de amizade, proximidade e confiança que Álvaro Carneiro teve com a Biblioteca Pública de Braga possibilitou que, por desejo próprio expresso ainda em vida, o seu espólio musical e documental fosse confiado à custódia desta instituição secular.
Da documentação então entregue pelos seus familiares fazia parte, para além de livros e publicações periódicas, uma coleção de 64 dossiers de "noticiário musical", constituído por recortes e programas de espetáculos e atividades musicais realizadas em Braga, por ele coligidos e organizados cronologicamente, abrangendo o período de 1921 a 1973, peças de música ligeira e de dança bem como partituras de música erudita de sua autoria, algumas manuscritas e inéditas.
Desde então este conjunto de documentação permaneceu, acondicionado e preservado na Biblioteca Pública de Braga onde o autor sabia que o seu acervo permaneceria indivisível, conservado e disponível para utilização por investigadores ou curiosos desta temática. Que não ficaria confinado a qualquer "peça de decoração" ou "fechado a sete chaves" como qualquer relíquia a quem ninguém, a não ser algum privilegiado, pudesse ter acesso. Pelo contrário, ao confiá-lo à Biblioteca Pública teria a garantia de que ele seria colocado ao serviço da comunidade podendo até, porventura, vir a ter uma difusão mais consentânea com a sua importância que, ele próprio, não conseguiu garantir.
Que melhor forma de retribuir a generosidade deste compositor que dedicou parte da sua vida a contribuir para a cultura e divulgação musical de Braga? Que melhor forma de o enobrecer senão a de tornar pública e propagar a sua obra e a sua música? É o que se pretende com a exposição, que - patente na galeria da Reitoria da Universidade do Minho, em Braga - nos permite conhecer o músico e a sua obra quando se publica esta 1.ª edição e se executa a sua "Sonata (em Sol Menor) para Violino e Piano."
Ao associar-se à publicação desta partitura musical, quando se comemoram os 175 anos da sua fundação que coincidem com o 30.º aniversário do desaparecimento deste apaixonado pela arte dos sons, como ele próprio a si se referia, a Biblioteca Pública de Braga pretende prestar a este ilustre bracarense um justo tributo, honrando o seu legado e promovendo a sua memória junto da comunidade.

Elísio Maia Araújo
Diretor da Biblioteca Pública de Braga

Nota Biográfica de Álvaro Carneiro

Álvaro Carneiro, nasceu em Braga em 1909 e faleceu no ano de 1986. Iniciou a sua aprendizagem musical aos 14 anos com o violinista espanhol Damian Vicioso. Frequentou o curso noturno da Escola Industrial e Comercial em Braga, tendo concluído o Curso Comercial em 1936. Em outubro de 1941 entrou para os serviços da Junta Autónoma de Estradas tendo ficado, desde essa data, a exercer funções na Direção de Estradas do Distrito de Braga. No campo artístico, começou a dedicar os seus momentos livres à composição de música erudita matriculando-se no Conservatório Regional de Música de Braga em 1961, no Curso de Composição Superior, onde estudou até 1964 e onde foi aluno do Dr. Vítor de Macedo Pinto. Foi também nessa instituição, embora por um curto período, Professor de Violino.

Álvaro Carneiro é autor de diversos estudos na área da música. A sua monografia "A Música em Braga: Biografias de artistas que nesta cidade se distinguiram como profissionais ou amadores" foi editada em 1959 como separata da revista "Theologica". Trata-se de um extenso trabalho de grande mérito e incontornável contributo para a história cultural de Braga no campo musical até meados do século XX. O seu último grande trabalho intitula-se "Braga e a Música: relação das atividades musicais havidas em Braga desde 1959 até 1976". Da sua intensa atividade ao serviço da cultura musical, é ainda relevante salientar o seu contributo para a criação do Conservatório de Música de Braga, pelo facto de ter pertencido à comissão instaladora presidida pela Diretora, a pedagoga musical e pianista Maria Adelina Caravana Rigaud de Sousa e de ter feito parte, entre outras organizações musicais da cidade, do Círculo de Cultura Musical de Braga, da Juventude Musical Portuguesa e do Orfeão de Braga.
 
voltar 
  © 2018, Universidade do Minho