Universidade do Minho    
 
  Universidade do Minho
http://www.bpb.uminho.pt
 
imprimir   fechar
 
voltar 
A Restauração da Independência de Portugal: expressões das comemorações estudantis em Braga
Salão Nobre do Theatro Circo, Bragasegunda a sábado (exceto feriados), entre as 14:30h e as 18:30h. entre quinta-feira, 30-11-2017 e sábado, 09-12-2017
    
 
Celebrar a efeméride, valorizar as tradições dos estudantes bracarenses e refletir sobre a atualidade da comemoração desta data, são alguns dos objetivos da iniciativa que se apresenta ao público no Salão Nobre do Theatro Circo, de 30 de novembro a 9 de dezembro de 2017.

A justificação para a realização desta iniciativa prende-se com o facto da liberdade e da independência de Portugal serem, enquanto comunidade coletiva, os nossos bens mais preciosos. Se para alguns, e num contexto de integração europeia e de abolição de fronteiras, as características inicialmente patrióticas destas comemorações poderão parecer obsoletas, sem qualquer sentido ou significado, não podemos ignorar que, num contexto político e social de necessária afirmação de uma identidade cultural sob continua ameaça, é muito relevante continuar a festejar o 1º de dezembro, o que é, no essencial, uma forma de celebrar a nossa liberdade, a nossa independência e a nossa identidade.

Esta iniciativa, assumidamente associada a um espírito de festa, à nossa festa, e à recita que anualmente os estudantes realizam no Theatro Circo desde o ano da sua inauguração, é também um hino de alegria pela liberdade de Portugal. Para que a guardemos, para que a valorizemos, para que a prezemos, a Biblioteca Pública de Braga, a Associação Académica da Universidade do Minho, o Theatro Circo e o Agrupamento Sá de Miranda, promovem uma exposição, de cariz essencialmente bibliográfico e documental, evocativa desta data, dando a conhecer alguns dos principais registos de memória, de história coletiva e de simbologia cívica do dia da Restauração.

Integrada simultaneamente nas comemorações dos 175 anos da Biblioteca Pública e nos 40 anos da AAUM, esta exposição, com cariz essencialmente bibliográfico e documental, está estruturada em torno dos seguintes núcleos temáticos: as obras de referência da Restauração da Independência; a evolução da dimensão simbólica e comemorativa do 1º de dezembro; as expressões das comemorações estudantis em Braga. Esta exposição inclui nomeadamente Números Únicos bracarenses comemorativos desta data, programas das Recitas de Gala realizadas no Theatro Circo, peças teatrais, composições poético-musicais apresentadas bem como o cortejo histórico evocativo do 1º de dezembro.

 
voltar 
  © 2018, Universidade do Minho