Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
Home
Mapa do Site
Contactos
   
  imprimir
 
voltar 
Manuel Monteiro político e homem de cultura
Espaços B-Lounge da Biblioteca Geral da UMinho – Gualtar Braga entre terça-feira, 08-01-2019 e sábado, 02-02-2019
    
 
Os Serviços de Documentação da Universidade do Minho e a Biblioteca Pública de Braga e têm a grata satisfação de se associar à II edição do "Prémio de História Local Dr. Manuel Monteiro" instituído pelo Município de Braga dando assim o seu contributo na homenagem que é devida a este ilustre bracarense, escritor, arqueólogo, etnólogo, magistrado, diplomata e crítico de arte bracarense.

Trata-se de uma distinção bienal oportunamente criada em homenagem ao bracarense Manuel Joaquim Rodrigues Monteiro (1879-1952, que tem como principal objetivo estimular a publicação de estudos histórico-sociais sobre Braga e valorizar um sector de investigação de crescente importância no quadro do aprofundamento da matriz identitária e comunitária, com a qual estas Bibliotecas se encontram profundamente comprometidas, o que justifica, por si só, o apoio e o envolvimento da Biblioteca Publica na promoção deste prémio.

O facto desta instituição ser detentora, desde finais dos anos 50 do século passado (1957, da livraria particular deste distinto bracarense que reúne obras de história de arte, arqueologia, história e literatura bem como alguns manuscritos, e o arquivo fotográfico de Rocha Peixoto, depositado no Museu Nogueira da Silva, dá-lhe responsabilidades acrescidas.

Assim, e por ocasião do 140.º aniversário do nascimento de Manuel Monteiro e da II edição do Prémio de História Local dedicado a este autor, os Serviços de Documentação da Universidade do Minho e a Biblioteca Pública de Braga promovem uma exposição bibliográfica e documental sobre uma das grandes personalidades da nossa cultura dos finais do século XIX e da primeira metade do século XX, cuja obra representa um património importante para a cultura nacional e um motivo de orgulho para os bracarenses.

Esta exposição, essencialmente bibliográfica e documental, que pretende dar a conhecer várias facetas da vida e obra de Manuel Monteiro, organiza-se em torno dos seguintes núcleos: i) a atividade do político de convicções republicanas, em publicações periódicas e outros documentos; ii) a atividade de investigação e de divulgação cultural nas principais monografias e artigos publicados em revistas da autoria de Manuel Monteiro; iii) a intervenção do homenageado na defesa do património bracarense, dando destaque à polémica gerada em torno da demolição do Castelo de Braga; à vulgarmente chamada "questão dos papeis de Braga"; e à forte oposição em torno da tentativa de deslocação do arquivo do Cabido da Sé bracarense para a Torre do Tombo, Lisboa, protagonizado pelo então Inspetor das Bibliotecas e Arquivos, Júlio Dantas; e, por último o apoio de Manuel Monteiro à Biblioteca Pública de Braga.

 
voltar 
 
  © 2019 Universidade do Minho  - Termos Legais Símbolo de Acessibilidade na Web D.