Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
Home
Mapa do Site
Contactos
   
  imprimir
 
voltar 
Ho Preste Joam das índias
Átrio da Reitoria da UMinho entre quinta-feira, 13-07-2017 e sexta-feira, 29-09-2017
    
 
No contexto das comemorações dos 175 anos da Biblioteca Pública de Braga, no âmbito do ciclo "Obras Intemporais", apresenta-se uma das obras raras existentes nesta Biblioteca que pertence à sua coleção de reservados: Ho Preste Joam das índias: Verdadera informaçam das terras do Preste Joam [...] do Padre Francisco Alvares, publicada em 1540.

O relato do Padre Francisco Álvares, capelão da primeira embaixada portuguesa na Etiópia, descreve a experiência dos seis anos de duração desta missão, entre 1520 e 1526, e é responsável pela produção de um longo texto, onde se articula a narrativa de viagens com as memórias do capelão. Aqui são reproduzidas as cartas trocadas entre o Preste João e o rei português, bem como um diálogo entre o autor e o arcebispo de Braga D. Diogo de Sousa, incluído no final da obra. Neste último capitulo o Padre Francisco Álvares sistematiza as suas observações sobre os usos e costumes dos Abexins.

O sucesso desta obra foi tal que, logo no séc. XVI, foi traduzida para castelhano, francês, italiano e alemão, das quais se publicaram várias edições, demonstrando que havia uma grande apetência e necessidade de informação sobre os descobrimentos portugueses, tanto em Portugal como no resto da Europa. Muitas destas traduções são hoje tão raras como o original. A publicação em língua inglesa seria feita, um pouco mais tarde (em 1615).

Na língua Italiana saiu traduzida no tomo I de Delle Navigationi, et viaggi do geógrafo e humanista Battista Ramusio (1556), cujo 1.º volume é em grande parte consagrado à África. Esta tradução apresenta algumas diferenças de texto importantes e com plantas das igrejas da Etiópia, que não se encontram na edição portuguesa.

Em volume próprio, a 1.ª edição em idioma não português, apareceu, em castelhano, impressa na Antuérpia em 1557. Nesta língua foi ainda publicada uma outra edição traduzida por Miguel de Selues e impressa em Toledo em 1588, com o título: Historia de las cosas de Etyopia [...] de que esta Biblioteca possui um exemplar.

No século XX, o Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, em 1966, por sugestão do Congresso Internacional de História dos Descobrimentos editou esta obra no idioma amárico.

Este texto, de cuja importância o autor tinha plena consciência, revelada pelo próprio título a "Verdadeira Informação", trouxe um contributo fundamental para o conhecimento geográfico europeu daquela região, tornando-se numa das obras fundamentais da produção literária associada à demanda do Preste João pelos portugueses.

mais informações: http://175anosbpb.pt/bpbuminho/preste-joao/
 
voltar 
 
  © 2017 Universidade do Minho  - Termos Legais Símbolo de Acessibilidade na Web D.